Drogas no RN

Nova droga é apreendida pela primeira vez no RN

Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (Itep) identificou uma nova droga no estado. A N-etilpentilona, substância sintética que foi incluída recentemente na lista da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), foi apreendida pela primeira vez na Grande Natal no final do mês passado.

A polícia só conseguiu identificar a droga após perícia técnica, realizada no laboratório Instrumental Forense do Itep. Foram usados procedimentos que permitem separação e análise da mistura.

De acordo com os investigadores, a cor e o estado físico da droga pode fazê-la ser confundida com o crack. A N-etilpentilona é comercializada no país há cerca de dois anos, informou o órgão.

“Essa substância só foi incluída no catálogo de drogas da Anvisa há cerca de três meses", destaca o perito criminal Marconi Medeiros.

fila de espera

Pelo menos 1.400 pacientes esperam por cirurgias eletivas no RN

Rio Grande do Norte tem, atualmente pelo menos 1400 pacientes na fila de espera por cirurgias eletivas no estado, segundo a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap). Somente em Mossoró, cidade do Oeste potiguar, são 579 pessoas na fila.

A mãe de Maria Conceição tem 81 anos e espera na fila para uma cirurgia ortopédica há 17 dias no Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró. “Tem pessoas aqui dentro esperando há 3 meses por cirurgias. Pela idade da minha mãe, não dá para esperar muito tempo. Precisamos urgentemente de ajuda”, apela.

Para Marcos Barbalho, a situação é ainda pior. O irmão dele está há dois meses internado a espera de uma cirurgia na perna. A família é de Itajá, cidade que fica há 80 quilômetros de Mossoró. “Enquanto a cirurgia não sair, eu ficarei aqui. Já passei 10 dias sem ir pra casa”, diz.

Somente no Hospital Tarcísio Maia, 40 pacientes estão internados esperando cirurgias eletivas. “O sistema de regulação dispõe de serviços para realizar essas cirurgias, apenas em Natal. E vem o problema de transportar esses pacientes”, diz Jarbas Mariano, diretor do hospital.

Em nota a secretaria de saúde do estado confirmou que apenas o Hospital Ruy Pereira, o Hospital Regional Deoclécio Marques, o Hospital Memorial e a Prontoclínica e Maternidade Dr. Paulo Gurgel estão realizando as cirurgias e todos ficam na Grande Natal.

A Sesap disse ainda que considera o ritmo das cirurgias normal e há expectativa de melhorias com a vinda de recursos liberados com o decreto de emergência na saúde e a convocação de concursados.

Fonte: G1 RN

João Câmara

Prefeito doa computador para Junta do Serviço Militar

A prefeitura de João Câmara fez a doação de um computador para a Junta do Serviço Militar de João Câmara que funciona na Central do Cidadão. O equipamento irá melhorar o atendimento aos jovens que estão em fase de apresentação para o Serviço Militar.

A entrega foi feita pelo prefeito Maurício Caetano ao representante do Exército responsável pela JSM.

Atrações

Sexta 23, São João Câmara

De 23 a 28 de Julho tem muita festa em João Câmara/RN.

São João Câmara

Festival de Quadrilhas Juninas

Festival de Quadrilhas Juninas em João Câmara/RN.

Investigação

MP deflagra operação que investiga crimes cometidos por facção no RN

Operação Juízo Final busca o cumprimento de 129 mandados de busca e apreensão, 21 mandados de prisão e 24 conduções coercitivas.

Após quase dois anos de investigação, o Ministério Público do Rio Grande do Norte deflagrou nesta sexta-feira (16) uma operação contra integrantes de uma facção criminosa que coordenavam – de dentro de presídios – ações relacionadas ao tráfico de drogas, roubo de veículos, estouros de caixas eletrônicos, homicídios, estruturação da facção, entre outros.

Denominada Juízo Final, a operação busca o cumprimento de 129 mandados de busca e apreensão, 21 mandados de prisão e 24 conduções coercitivas. As medidas estão sendo cumpridas em Natal, Parnamirim, Ceará Mirim, Macaíba, Baía Formosa, Mossoró, Itajá, Felipe Guerra, Baraúna, Caraúbas, Martins, Pau dos Ferros, São Francisco do Oeste, Tenente Laurentino Cruz.

Acidente

Cantora de Forró Eliza Clivia e o marido morrem em acidente de carro no Centro de Aracaju

No início da tarde desta sexta-feira (16) a cantora paraibana Eliza Clivia, 36 anos, ex-vocalista da Banda Cavaleiros do Forró , e o marido o baterista Sérgio Ramos morreram em um acidente de trânsito no Centro de Aracaju, segundo o produtor da cantora Jailson Souza.

A cantora, que iniciou a carreira solo há quatro meses, estava em Aracaju para divulgar um show, que seria realizado na noite desta sexta-feira (16), e fazer entrevistas.

De acordo com Souza , ela e o marido estavam em um veículo que bateu em um ônibus nas esquinas das ruas Arauá e Maruim, quando retornavam de uma entrevista. Além do casal, outras três pessoas da equipe estavam no carro foram socorridas, com ferimentos leves, e encaminhadas a um hospital de Aracaju. E segundo a polícia, elas foram identificadas como: Cleberton José dos Santos, João Paulo Tavares da Silva e Paulo Texeira de Carvalho.

Ex-governadora do RN, Wilma de Faria morre em Natal

Ela lutava contra um câncer há dois anos. O velório acontece na Catedral Metropolitana de Natal a partir das 9h.

A ex-governadora do Rio Grande do Norte Wilma de Faria morreu, aos 72 anos, em Natal na noite desta quinta (15). Wilma de Faria cumpria mandato de vereadora da capital potiguar na atual legislatura, mas estava afastada das funções desde o dia 18 de abril para tratamento de um câncer.

Wilma vinha convivendo com câncer no sistema digestivo há mais de dois anos, quando passou por tratamentos quimioterápicos e algumas cirurgias em São Paulo e Natal. Estava desde o dia 3 de junho na Casa de Saúde São Lucas, onde permaneceu até agora quando morreu por falência múltipla de órgãos.

O velório acontece a partir das 9h na Catedral Metropolitana de Natal. O sepultamento será no Morada da Paz, em Emaus, às 20h.

Trajetória política

Wilma de Faria era professora e começou a carreira na política em 1986 quando foi eleita deputada federal. Em 1988,foi eleita prefeita de Natal. Voltou a ser eleita prefeita da capital em 1996 e reeleita em 2000.

Em abril de 2002, Wilma renunciou à prefeitura para disputar o governo do estado e foi eleita, se tornando a primeira mulher a comandar o governo do Rio Grande do Norte. Ela foi reeleita governadora em 2006.

Wilma ainda se candidatou ao senado em 2010, mas não venceu. Em 2012 saiu candidata a vice-prefeita na chapa de Carlos Eduardo. A chapa foi eleita e ela cumpriu o mandato.

Em 2014, voltou a tentar uma vaga no senado, mas foi derrotada por Fátima Bezerra. Em 2016, ela deixou o PSB, assumiu a presidência do PTdoB e se candidatou a vereadora de Natal.

Fonte: G1 RN

Visita

Senador Garibaldi Filho visita o ex-deputado Henrique Alves

Assim que chegou de Brasília, na tarde de hoje, o senador Garibaldi Filho (PMDB) visitou o ex-deputado Henrique Alves (PMDB).

Henrique ocupa a sala do sub-comando da Academia de Polícia, ao lado do Corpo de Bombeiros, em Natal.

Fonte; Thaisa Galvão

Encalhou

Filhote de cachalote é achado morto no litoral de Natal

O corpo de uma cachalote (Physeter macrocephalus) foi encontrado nesta quinta-feira (8) encalhado na Praia do Y, na Zona Leste de Natal. Popularmente conhecida como baleia cachalote, a espécie ficou conhecida internacionalmente pelo romance 'Moby Dick', do escritor norte-americano Herman Melville, no entanto, o mamífero pertece a família dos golfinhos.

De acordo com o professor Flávio Lima, coordenador do Projeto Cetáceos da Costa Branca, que desenvolve projetos sobre a fauna marinha potiguar, o filhote tem seis metros. “É uma cachalote de seis metros. Ainda não foi possível verificar o sexo, nem definir a causa da morte”, afirmou.

Pela foto, é possível ver que o animal apresenta marcas de mordida. Segundo o professor, são mordidas de tubarão, mas que aconteceram após a morte do filhote.

Uma necropsia está sendo feita no local onde o corpo foi encontrado, isso vai ajudar a identificar a causa da morte. “Estamos coletando material para análise e também para servir como material de pesquisa”, explica Flávio.

As cachalotes se alimentam de lulas, polvos e peixes. Os animais também mergulham grandes profundidades para se alimentar principalmente de lulas gigantes.

Fonte: G1 RN

Investigação

Justiça do RN determina afastamento do deputado estadual Ricardo Motta

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte determinou o afastamento do deputado estadual Ricardo Motta (PSB) das atividades parlamentares pelo prazo de 180 dias. A suspensão do exercício foi deferida pelo desembargador Glauber Rêgo, após pedido feito pelo Ministério Público Estadual. Conforme a decisão, o deputado fica proibido durante este período de utilizar os serviços fornecidos pela Assembleia Legislativa, embora sem prejuízo de sua remuneração.

Economia

Inflação deve cair com redução de preços de combustíveis, diz presidente do Banco Central

A redução dos preços de combustíveis e a volta da bandeira verde nos preços da energia elétrica devem reduzir a inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), em 0,3 ponto percentual neste mês.

A estimativa é do presidente do Banco Central (BC), Ilan Goldfajn, que participou de café da manhã promovido hoje (9) pela Câmara de Comércio França-Brasil (CCIFB), em São Paulo.

Entretanto, Goldfajn disse que “essas oscilações pontuais não têm implicação relevante” para as decisões sobre a taxa básica de juros, a Selic. O presidente do BC reforçou que uma redução moderada no ritmo de cortes na Selic é adequada.

Na última terça-feira, na ata do Comitê de Política Monetária (Copom), responsável por definir a Selic, o BC já deu a sinalização de que diminuirá o ritmo de cortes. No dia 31 de maio, o Copom reduziu a Selic em 1 ponto percentual para 10,25% ao ano.

Projeções de inflação

Segundo Goldfajn, com projeções de inflação em torno da meta para 2018 e um pouco abaixo em 2017 e “elevado grau de ociosidade na economia, o cenário prescreve a continuidade do ciclo” de cortes da Selic, já considerando os atuais riscos. A meta de inflação é 4,5% com limite inferior em 3%.

Goldfajjn disse que a crise política aumentou a incerteza dos agentes econômicos “quanto à velocidade de adoção das reformas e de ajustes na economia”.

“Mas a economia brasileira apresenta hoje uma maior capacidade de absorver eventual revés, devido à situação mais robusta de seu balanço de pagamentos e ao progresso no processo desinflacionário e na ancoragem das expectativas”, afirmou.

“A atividade econômica dá sinais de estabilização no curto prazo e perspectiva de recuperação, mas a retomada da economia pode ser mais ou menos demorada e gradual do que a antecipada. A manutenção, por tempo prolongado de níveis de incerteza elevados sobre a evolução do processo de reformas e ajustes na economia, pode ter impacto negativo sobre a atividade econômica”, finalizou.

Agência Brasil

Economia

Rio Grande do Norte arrecada R$ 1,29 bilhão de ICMS no 1º trimestre

No Rio Grande do Norte, a arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) cresceu +0,7% no primeiro trimestre de 2017, em comparação ao mesmo período do ano passado. O Estado arrecadou R$ 1,29 bilhão até março.

No Nordeste, foram arrecadados R$ 17,7 bilhões  no trimestre, incremento real de 1,4%. O aumento também foi verificado em outros seis Estados nordestinos: Sergipe (+5,3%), Paraíba (+5,1%), Pernambuco (+4,5%), Alagoas (+2,5%), Ceará (+1,5%) e Piauí (+0,5%).

homicídio

Vigia de rua é assassinado em João Câmara durante a madrugada

Mais um crime de homicídio registrado em João Câmara. Um homem conhecido por Deca, de 51 anos de idade, que trabalhava como vigia de rua, foi assassinado na madrugada desta terça-feira, 06 de junho, próximo a um ponto de mototaxis no centro de João Câmara.

Ainda não se sabe a motivação do crime, pois fala-se que a vítima não tinha envolvimento com ilícitos.  O SAMU chegou a ser acionado, mas ao chegar no local não havia mais nada que pudesse ser feito.

A polícia foi acionada e fez o isolamento do corpo até a chegada da equipe do ITEP que fez a remoção para sede do órgão em Natal.

Fonte: Blog do Assis

Saúde pública

Governo do RN decreta calamidade na saúde pública

O Governo do Estado publicou no Diário Oficial desta terça-feira (06), o decreto de calamidade na área da saúde pública do Rio Grande do Norte. A medida foi necessária devido aos reflexos da crise econômica que causaram a redução da arrecadação estadual e a queda de transferência de receitas constitucionalmente garantidas ao Estado.

A decisão ainda foi motivada pela ausência de perspectiva financeira para aumento do Fundo de Participação dos Estados e do Distrito Federal (FPE) em curto prazo, e também do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), já que o Governo do Estado vem assumindo pagamentos referentes às obrigações relativas à assistência à saúde na área de atuação municipal.

Entre outros pontos, o decreto também se baseia na sobrecarga dos hospitais da rede estadual e no considerável déficit de servidores públicos.

Prisão

Henrique Eduardo Alves é preso em operação da PF

O ex-ministro do Turismo Henrique Eduardo Alves foi preso na manhã desta terça-feira (6) em um desdobramento da operação Lava Jato que investiga corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro na construção da Arena das Dunas, em Natal.

O advogado Marcelo Leal, que defende Henrique Alves, disse ao G1 que tomou conhecimento da prisão pela imprensa. "Até o momento, não sei de nada sobre o que levou a PF a prender Henrique. Vou tomar pé da situação e depois me pronuncio", falou por telefone.

Dinheiro

Caixa antecipa para este sábado a 4ª fase de saque de contas inativas do FGTS

A Caixa Econômica Federal (CEF) anunciou a antecipação, para este sábado (10), da quarta etapa de saques de recursos de contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Nesta quarta fase, têm direito a sacar os recursos de contas inativas os trabalhadores nascidos nos meses de setembro, outubro e novembro.

Para quem optou pelo crédito em conta, a liberação dos recursos também será antecipada.

Salários atrasados

Governo do RN conclui folha de abril nesta quarta-feira (31)

O governo do Rio Grande do Norte anunciou que vai concluir, nesta quarta-feira (31), o pagamento dos salários referentes à folha de abril. Devem receber o complemento dos salários 21.698 servidores ativos, aposentados e pensionistas que recebem acima de R$ 4 mil, o que corresponde a R$ 64,3 milhões.

Para este grupo, o governo havia depositado R$ 4 mil no último dia 19, faltando pagar o restante.

O Rio Grande do Norte possui cerca de 56 mil servidores ativos, 37 mil aposentados e 12 mil pensionistas.

Fonte: G1 RN

Recursos

CNJ suspende transferências de recursos do TJRN para o governo do estado

Uma decisão da conselheira Daldice Santana, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), impede a transferência, empréstimo ou doação de sobras orçamentárias do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte para o governo do estado. A decisão, que foi tomada no início da semana, estabelece que essas sobras devem ser devolvidas ao Tesouro Estadual ou descontadas nos repasses do duodécimo no próximo exercício orçamentário.

O governo poderá compensar, nas transferências ao TJ, os recursos excedentes e que estão nas contas do Judiciário, diz a decisão.

Em outubro de 2016 o desembargador Cláudio Santos, presidente do Tribunal de Justiça do RN, anunciou o repasse de R$ 100 milhões para o governo do estado. O dinheiro deveria ser utilizado para pagar diárias da Polícia Militar, cirurgias e outras despesas dos hospitais públicos do RN.

Benefício social

Governo pretende reduzir concessão do Bolsa Família, diz ministro

O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, afirmou nesta quarta-feira (31) que o governo deve fazer uma "focalização melhor" do Bolsa Família. "No caso do Bolsa Família, há muita informalidade no público alvo, mas isso deve resultar numa focalização melhor do programa, no sentido de dar o benefício para quem realmente precisa", disse o ministro, sem citar estimativa de redução de custos.

Durante palestra em evento na Fundação Getúlio Vargas, no Rio de Janeiro, Oliveira citou que outras políticas, como o Auxílio-Doença e o Seguro-Defeso, podem ter redução de R$ 6 a 7 bilhões e R$ 1,6 bilhão, respectivamente. Em 2016, segundo ele, houve 4% de redução de custeio com estrutura, de acordo com o comitê de monitoramento de custeio.

Próximo Última Página